1.O Sporting Clube Banheirense, situa-se na Rua da Juventude, nº 8 e 12, 2835 – 082 Baixa da Banheira, concelho da Moita e distrito de Setúbal;

2.Foi fundado em 01 de Junho de 1970;

3.Escritura Notarial efetuada em 04 de Setembro de 1989, no Cartório Notarial da Baixa da Banheira;

4.Pessoa Coletiva nº501 130 136;

5.Publicação no Diário da República 137 III Série de 18 de Junho de 1986;

6.Pessoa Coletiva de Utilidade Pública, por despacho de 21.11.2004 e publicado no Diário da República II Série, nº294, de 17 de Dezembro de 2004;

7.Número de associados: 300;

8.Possui sede própria com bar, sala de convívio e sala de jogos com snooker, cartas dominó, damas, xadrez;

9.É filiado na Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto, com o nº1217, na Associação de Futebol de Setúbal, com o nº1641, e é a filial nº164 do Sporting Clube de Portugal;

10.Número de atletas: 98, assim distribuídos: 80 federados em Futsal, nos escalões de Escolas, Infantis, Juvenis e Juniores e Seniores; 18 em Escolas de formação de Futsal;

11.Instalações desportivas utilizadas: Polidesportivo camarário do Parque Zeca Afonso na Baixa da Banheira, Pavilhão desportivo da Escola E.B.2,3 José Afonso em Alhos Vedros, gratuitamente, e aluguer de pavilhões escolares para treinos e jogos em equipas de Juniores e Seniores;

12.Fomentamos atividades de âmbito cultural e recreativo, nomeadamente: exposições, debates, colóquios, variedades, bailes, sessões de canto e poesia popular, concursos infantis de máscaras de Carnaval, gincanas infanto-juvenis em bicicleta, Peddy-Papers, festas de Natal e jogos tradicionais infantis, etc;

13.No plano desportivo federado, participamos nos Campeonatos de Futsal sob a égide da A. Futebol de Setúbal, em Infantis, Iniciados, Juvenis, Juniores Masculinos e Femininos e na época de 2004/2005 irá ressurgir a equipa de Seniores. Paralelamente conservaremos a nossa Escola Municipal de Futsal, para crianças dos 6 aos 12 anos, contando com o apoio da Câmara Municipal da Moita que a aprovou;

14.No plano desportivo não federado, organizamos diversos torneios de Futsal para todos os escalões etários, concursos de pesca desportiva, de tiro aos pratos, de tiro ao alvo, de xadrez, de damas, de dominó, de cartas e de futebol. Nos anos de 2002 e 2003, organizámos os Jogos Juvenis da Moita na modalidade de Futsal, nos escalões de Infantis, Iniciados, Juvenis, e Juniores Femininos e Masculinos.

15.Ação social específica: Fomos parceiros do programa Governamental “Escolhas” para a inserção social e prevenção da criminalidade de jovens da zona norte da Baixa da Banheira, com idades entre os 12 e os 18 anos, participando ativamente em todas as fases e ações do mesmo quer com recursos humanos, que com espaços físicos, quer com a realização de iniciativas.

Fomos parceiros do Instituto de Comunidades Educativas no projecto “Crescer Cool” de prevenção primária das toxicodependências, alcoolismo e delinquência e no desenvolvimento de atividades que proporcionassem valorização social e comunitária destinado a jovens da Zona Norte da Baixa da Banheira sem ocupação. Somos parceiros do programa “Ser Criança” que visa a celebração do projeto “Entrelaços”.

16.Títulos desportivos mais significativos conquistados:

Atletismo:
- Campeão Regional de Marcha Atlética individual e coletivo;
- Campeão e Recordista Nacional de Marcha Atlética em Juniores 89/90;
- Campeões Regionais de Dardo, Peso e Disco;
- Campeões Regionais de Velocidade, 800 e 1500m;
- Campeão Regional de Corta-Mato Infantis Masculinos em 1992;
- Campeão Regional de Corta-Mato Iniciados Masculinos;
- Campeão Regional de Estafetas 4 x 60m Infantis Masculinos;
- Campeão Regional de Corta-Mato Juniores Masculinos em 1992.

Atletas Internacionais: Carlos Leitão, em Marcha Atlética e Faustino, no Dardo.


Pesca Desportiva:
- Campeão Distrital em 1986.

Futebol de Salão:

Infantis:
- Taça de Honra 91/92;
- Campeões Distritais 91/92 e 93/94;
- Campeões Regionais 93/94;

- Vice - Campeão Nacional 2001/2002;

- Campeões Nacionais 91/92 e 93/94;

Iniciados:
- Campeão Regional 94/95;- Taça de Portugal 2000/2001;

- Vice - Campeão Nacional 2000/2001;

- Campeão Nacional 94/95.


Juvenis:

- Taça de Portugal 2001/2002.

Atleta Internacional: Adriano Gomes, em Juniores.

Futsal:
Escolas:

- Época de 2007/2008 – Campeões Distritais;

Infantis:
- Época de 2002/2003 – 3º classificado no Campeonato Distrital de Setúbal;
- Época de 2003/2004 – 8º classificado no Campeonato Distrital de Setúbal;
- Época de 2005/2006 – Vencedores do Torneio complementar;

Campeões Distritais;
- Época de 2007/2008 – Campeões Distritais;

Iniciados:
- Época de 2002/2003 – 4º classificado no Campeonato Distrital de Setúbal;
- Época de 2003/2004 – 4º classificado no Campeonato Distrital de Setúbal;

Juvenis:
- Época de 2002/2003 – 3º classificado no Campeonato Distrital de Setúbal;
- Época de 2003/2004 – 4º classificado no Campeonato Distrital de Setúbal;

Júniores:
- Época de 2002/2003 – 3º classificado no Campeonato Distrital de Setúbal;
- Época de 2003/2004 – 5º classificado no Campeonato Distrital de Setúbal;

Séniores:
- Época de 2004/2005 – Subida da 2ª à 1ª Divisão Distrital de Setúbal;
- Época de 2005/2006 – Vice-Campeonato Distrital de Setúbal.

Futebol:
- Campeão do Campeonato de Veteranos da Junta de Freguesia da Baixa da Banheira, em 1999;
- Vencedor da Taça Disciplina do Campeonato de Veteranos da Junta de Freguesia da Baixa da Banheira, em 1999.

17.Distinções Autárquicas:
- Prémio de Atividade da Junta de Freguesia da Baixa da Banheira;
- Mérito e Cultura e Desportivo da Câmara Municipal da Moita;
- Certificado de Excelência das Festas Populares da Baixa da Banheira;

18.Como Coletividade de raiz popular que é tem o seu local de implantação na Zona Norte da Baixa da Banheira, coincidindo com a zona residencial da grande maioria dos seus associados e simpatizantes;

19.Financeiramente o S.C.B. vive da quotização e das receitas de bar recebendo, também, pequenos subsídios autárquicos para as suas atividades. Debatemo-nos com falta de instalações sociais e desportivas, bem como de material desportivo diverso, pelo que facilmente se infere que temos dificuldades na prossecução do crescimento social e desportivo – cessámos a prática de atletismo – que temos vindo a obter de forma progressiva e com êxitos.

20.GÉNESE DO S.C.B.: Um grupo de rapazes constituídos numa equipa de futebol de 11, reuniam no café das arcadas, na Rua da Guiné. Estes jovens pretendiam formar um clube e, então, convidaram alguns adultos para os ajudarem a concretizar a sua pretensão. Como a maioria dos adultos em questão eram simpatizantes do Sporting Clube de Portugal, quando chegou a hora de dar nome ao novo clube foi escolhido o nome: Sporting Clube Banheirense.

Seguidamente formalizou-se a legalização do Clube e passou-se a possuir estatutos, na altura o estatuto tipo em vigor para a época, tendo sido autorizada a constituição da coletividade e aprovados os seus estatutos por despacho do Ministério da Educação Nacional, de 3 de Março de 1971, tendo ficado como data oficial da fundação do clube: 1 de Junho de 1970.

Com a legalização surgiu a necessidade de possuir instalações próprias para o seu funcionamento, tendo-se conseguido arranjar uma cave no nº20 da Rua de Gôa. Aqui funcionou durante algum tempo, possuindo um pequeno bar e sala de jogos para entretenimento dos associados, sendo que algumas actividades tinham de ser realizadas na via pública face á falta de espaço existente. Em virtude de as instalações já não oferecerem condições, procuraram-se outras tendo-se conseguido alugar novas instalações na Rua de Moçambique, nº77. Aqui, já com melhores condições e desenvolvendo mais actividades o crescimento do número de associados foi bastante interessante e o S.C.B. chegou mesmo a participar em provas da Associação de Futebol de Setúbal em Iniciados e em Juniores, nos Campeonatos Distritais, optando por não continuar por não possuir estruturas para manter as equipas.

Também quando se encontrava sedeado na Rua de Moçambique, adquiriu uma garagem que servia de arrecadação, de gabinete da Direcção e de arrumação do material desportivo.

Mais uma vez, o crescimento do Clube empurrou-o na procura de melhores e mais espaçosas instalações de forma a poder dar resposta cabal face á nova realidade. Assim, o S.C.B. comprou novas instalações, em 18 de Outubro de 1984, na Rua da Juventude, nº8 e 12, tendo feito a escritura no Cartório Notarial da Baixa da Banheira, em 6 de Setembro de 1989.

Estas instalações com condições, na altura, muito superiores permitiram um grande crescimento em associados e atividades desportivas, culturais e recreativas, incluindo a obtenção de vários títulos locais, regionais, distritais e nacionais, recordes nacionais e a internacionalização de atletas. O S.C.B., cimentou a sua posição no tecido associativo granjeando respeito e prestígio por parte de todos os agentes relacionados com o meio associativo e da população em geral, recebendo méritos e prémios de atividade das Autarquias Locais (Junta de Freguesia e Câmara Municipal da Moita). Já aqui, sentimos necessidade de alterar os estatutos para estarmos conforme a nova realidade do novo Portugal, o que fizemos em 1986. Atualmente chegámos ao ponto em que a história se repete: temos de urgentemente construir novas instalações sociais e um pavilhão, sob pena de não conseguirmos dar resposta aos novos desafios e definharmos num curto/médio prazo. E aqui começa o futuro.

21.Objetivos Futuros:

Desporto:
- Continuar a apostar no Futsal, modalidade para a qual temos especial vocação, nas provas federadas aumentando o número de equipas englobando todos os escalões etários, incluindo os Seniores, mantendo, simultaneamente, a nossa Escola Municipal de Futsal e valorizando a formação de técnicos, dirigentes e atletas;
- Dinamizar as modalidades não federadas que já praticamos aumentando o número de praticantes e melhorando a qualidade das iniciativas;
- Introduzir a prática de mais modalidades desportivas de forma a atrairmos mais associados e alargarmos o leque de escolha indo ao encontro daqueles que têm outras preferências.

Administração:
- Desenvolver e promover a formação dos nossos quadros dirigentes por forma a dotarmos o nosso Clube de uma melhor organização administrativa.

Cultura e Recreio:
- Aumentar o número de acções introduzindo mais qualidade e mais diversidade alargando o leque de participantes.

Equipamento e Património:
- Para podermos ter um crescimento quantitativo e qualitativo que depois possamos consolidar e manter, entregámos em 2001 na D.G.O.T.D.U./D.R.A.O.T. uma candidatura para financiamento de um Pavilhão Polidesportivo com instalações sociais e parqueamento, já aprovada pela C. M. Moita e com terreno cedido em direito de superfície para o efeito, na Quinta do Facho, em Baixa da Banheira, e que também já recebeu o parecer positivo do Instituto Nacional do Desporto.

Trata-se de um equipamento de carência evidente na Baixa da Banheira e que irá trazer dinâmica e envolvimento decisivos para a elevação da qualidade de vida da população circundante e de forma especial dos Banheirenses em todas as suas vertentes: desportiva, social, cultura e recreativa.

Pensamos que temos um projeto credível, exequível e de grande utilidade para a valorização do individuo e da sociedade.

Não tendo sido objeto de despacho de seleção em quatro trimestres consecutivos, foi rejeitada a candidatura em 2007.

Morada: Rua da Juventude, Nº 8 e 12, 2835-088 Baixa da Banheira
Telefone: 212 041 306
Fax: 212 025 440
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Website: www.scbanheirense.com
Facebook: www.facebook.com/sportingclubebanheirense