A juventude esteve quase sempre na origem da criação dos clubes de futebol, mas desta vez, vamo-nos referir a uma juventude bastante tenra pois alguns dele ainda não teriam atingido os quinze anos de idade e fundaram um clubezito de bola trapeira que muito mais tarde viria a honrar de sobremaneira a nossa vila.

Entre estes jovens destacavam-se Adelino Ribeiro Chula, Armindo Correia Sequeira, José António Sequeira, José Campante Ortiz e António dos Santos Sequeira Martins, que deram ao seu clube o nome de “Rua 6 futebol clube” (hoje rua de Angola).

Ao entusiasmo dos mais novos, aderiram outros de maior idade, alguns irmãos mais velhos daqueles, Joaquim Ortiz, Luís Ribeiro Chula, Diogo Ferrer Calado, José Vieira Carruna, Adamastor Pereira Ramos e ainda outros, mudando-lhe o nome para Banheirense Futebol Clube.

Por essa altura, criara-se também, em iguais condições uma outra associação para a prática de futebol, com o nome Desportivo Sul do Tejo e cedp as duas coletividades viriam a reconhecer que seria muito mais produtivo juntarem os seus esforços e foi assim que, em 6 de Abril de 1954, surgia já devidamente legalizado o Banheirense Futebol Clube, que muito cedo se viria a revelar bastante dignificante no campo do desporto. Foi, assim, fundado o clube, em 6 de Abril de 1954, com o seguinte fim, conforme o art.2º dos estatutos “... tem por fim a promoção cultural, desportiva e recreativa dos seus associados, visando a sua formação humana integral”.

Jamais praticou futebol competitivo embora se tivesse inscrito na Associação de Futebol de Setúbal e fomentasse o futebol juvenil, dedicando-se quase exclusivamente ao ciclismo com o maior êxito e difundido o nome da Baixa da Banheira, ainda pouco conhecido, nas localidades onde os seus valorosos ciclistas corriam e tantas vezes venciam.

Organizou cerca de uma dezena de “Grande Prémio da Baixa da Banheira”, que nos dias em que se realizava, enchia a estrada nacional de forasteiros e de movimento.

De principio a sua sede foi no nº29 da estrada nacional, numa cave, mudando-se depois para o nº27 da mesma EN, prédio que o Banheirense Futebol Clube viria a adquirir em 1980, pelo valor de 300 contos, era então presidente da Direcção Valdemiro Fernando da Encarnação Roma, que assinou conjuntamente com Henrique Manuel Lopes Amado (tesoureiro) a escritura de compra e venda do imóvel.

Foram, depois, introduzidos melhoramentos que muito a valorizaram mercê de um grande esforço de dirigentes a associados anónimos e pode-se hoje afirmar que possui uma sede digna, dispondo de um amplo bar, muito frequentado, uma sala de troféus onde se podem admirar mais de 400 peças de inestimável valor, pois foram vencidos pelos seus atletas nas muitas provas em que participaram, uma sala de bilhar, também bastante ampla, gabinetes para a direção e seções e outras instalações indispensáveis à vida associativa, razoavelmente equipados.

O Banheirense possui cerca de 528 associados, cuja dedicação e apoio ao clube tem contado sempre. Manteve durante alguns anos a maior atividade desportiva puramente amadora, mormente participando ativamente nos Jogos Juvenis do Barreiro e Moita, em diversas modalidades. 

Para além disso praticou atletismo, futebol de 11 (amador) e futebol para veteranos e sobretudo o ciclismo, em que ainda está federado e em cuja equipa se revelaram grandes valores do ciclismo nacional como Serafim Vieira, Luís Sequeira, Lúcio Sequeira, Vital Fitas e Luís Farófia entre outros de igual valor mas que, por vazões várias, abandonaram o desporto.

O Banheirense, em virtude da grandiosa obra a que meteu ombros, foi forçada a suspender toda a actividade desportiva. Impunha-se a remodelação e restauração das instalações com vista à criação de condições óptimas para as práticas desportivas e convívio de sócios.

Com a conclusão dos trabalhos o Banheirense Futebol Clube arranca para uma nova dinâmica restando algumas modalidades e criando novas secções: futebol juvenil, ciclismo, jogos inter-sócios. A comemoração de datas evocativas como a da função do clube, passagem de ano, festas de Natal para os filhos dos sócios, entre outros, também marcaram a actividade do Banheirense Futebol Clube. Jogos inter-sócios, com efusivos momentos de confraternização também são uma realidade regular no clube.

Na entrada para o novo milénio o clube estrutura o que denominou como Projecto de Desenvolvimento Desportivo e Cultural, visando relançar e organizar actividades desportivas, culturais e sociais, “tendo como objectivo principal a ocupação dos tempos livres dos jovens e demais população e associados do clube”, que inclui: ginástica manutenção senhoras e homens, ginástica infantil 3/5 anos, a funcionar com 30 crianças; setas, que se encontra actualmente a disputar a 3ª Divisão Nacional, participando o clube com 14 atletas; ciclismo; xadrez, com cerca de 15 praticantes, aguardando ainda a filiação na Federação Portuguesa de Xadrez e ténis de mesa.

O Banheirense Futebol Clube é filiado na Associação de Ciclismo de Setúbal e Associação de Setas de Lisboa.

A constituição dos actuais corpos gerentes, biénio 2001-2002, é a seguinte: José Augusto Valadas Borracho (presidente da Mesa da Assembleia Geral), Mariano Miguel (vice-presidente), Cláudio Manuel Lima do Nascimento (1º secretário), João Manuel Falardo Carvalho (2º secretário), António Manuel da Rosa Pereira Dâmaso (presidente da Direcção), João Pedro Enes (vice-presidente), Humberto Daniel Mendes Silva (vice-presidente desportivo), José dos Santos Castanheira (1º secretário), Vítor Manuel Correia Alves (2º secretário), Agostinho Alexandre Esteves Pires (tesoureiro), Luís Custódio Monteiro Cabanas (tesoureiro adjunto), Jaime da Conceição Rosa (1º vogal), Gertrudes do Carmo Cabaço Moita Moreno (2º vogal), João Manuel da Silva Bica (3º vogal), Nelson Filipe Pacheco (4º vogal), Pedro da Conceição Oliveira (5º vogal), e António Pedro Enes Correia (6º vogal), João Manuel Martins Coelho (presidente do Conselho Fiscal), Luís António Bicas (1º secretário) e Manuel José Gois Risso (relator).

Morada: Estrada Nacional Nº 27, 2835-172 Baixa da Banheira
Telefone: 210 807 445
Fax: 210 807 472